Volta às aulas!! Vamos ao otorrinolaringologista Foniatra ? Ele pode ajudar no aprendizado do seu filho!

Muitos problemas de audição e de linguagem podem passar desapercebidos na primeira infância. Se estes problemas não forem tratados, podem levar a atrasos importantes no aprendizado.

As crianças pequenas geralmente não sabem relatar as alterações na audição e as dificuldades na fala. Os pais podem não perceber, ou podem achar que o falar errado e outras alterações podem estar dentro da faixa etária, ou ainda, procuram profissionais que desconsideram esta queixa.

Então, quando os pais devem procurar o otorrinolaringologista para avaliação da linguagem e da audição.

Devemos procurar o otorrinolaringologista logo na infância, antes do período de alfabetização, sobretudo se houver suspeita de que a criança está demorando para falar, ou se fala muito errado, ou se o seu desempenho está aquém do esperado.

E é bom estar atento a algumas outras informações:

  • Crianças pequenas, por volta de 3 anos, têm que apresentar uma linguagem simples, que alguma pessoa não ligada à família consiga entender;

  • trocas fonêmicas são comum nas crianças, mas devem ser levadas em consideração quando demoram muito tempo para serem corrigidas;

  • muitas crianças com alterações motoras e de equilíbrio podem apresentar  dificuldades em escrever, falar e memorizar, prejudicando a aprendizagem;

  • otites de repetição ou otites graves podem levar a perda auditiva, geralmente leve ou flutuante (momentos com audição normal e momentos com audição afetada), o que pode provocar atrasos na linguagem e na escrita / leitura;

  • crianças com comportamento social diferente (não brinca com os amigos ou gosta de brincar sozinha, fica muito irritada, não gosta muito do contato pessoal) podem apresentar distúrbios de aprendizagem;

  • e por último, sempre levar em consideração a avaliação dos professores. Eles podem perceber pequenas alterações na fala, na escrita e no comportamento das crianças.

Enfim, o otorrinolaringologista especializado em Foniatria poderá avaliar as crianças prevenindo futuros problemas de aprendizagem, ou, se necessário, indicando a melhor forma de tratamento com terapias especificas.

February 2, 2016

Mônica Elilsabeth Simons Guerra